Exercícios para fazer em casa

Um artigo de 1958 na Better Homes and Gardens delineou um programa de
exercícios musicais para fazer em casa. Aos leitores foi prometido que o
resultado de seus exercícios diários e dieta seria “uma figura mais elegante, um
você mais jovem e glamoroso”. Para a rotina energética que consiste em círculos
de braço e movimentos de quadril, o autor sugeriu usar “um collant brilhante, ou
shorts e uma blusa, ou um maiô não muito apertado” para a rotina. O artigo foi
acompanhado por uma fotografia colorida de uma mulher vestindo como roupa
fitness, um collant azul sem mangas e com decote redondo. No cabelo, ela usava
uma faixa branca. O look foi finalizado com batom vermelho e unhas.
https://www.labellamafia.com.br/mulher/tapa-bumbum
O collant era uma roupa de corpo colante de várias silhuetas que se originou de
acrobatas. Ele existia na moda fitness da década de 1940, mas era usado
principalmente para fins de camadas, especialmente em climas frios. O primeiro
exemplo que encontrei de dançarinas profissionais usando collants foi em 1949.
No final da década de 1950, marcas como Danskin e Capezio anunciavam
collants para dança e exercícios, bem como para lazer e uso diário.
O corpo ideal da década de 1960 mudou do feminino e maduro para o magro e
jovem. Maior importância foi dada às pernas atraentes, pois as bainhas estavam
ficando cada vez mais curtas. Talvez não seja uma coincidência, então, que a
popularidade da aptidão física estivesse em ascensão.

Leave a Reply

Your email address will not be published.